Olá, faça o Login ou Cadastre-se

  Conte sua históriaKimi Nii › Minha história

Kimi Nii

São Paulo / SP - Brasil
72 anos, artista plástica

Valores no gesto da Arte


Minha escultura predileta? Ah, cada um é um filho... Tem coisas que fiz há 28 anos. Logo no começo não dava muita técnica... Criei uma linha de vasos que de lado parecem de perfil e de frente são chapados. Só o fato de ser cerâmica de alta temperatura chama a atenção. Se fosse um pote tradicional... Fiz desenho industrial na FAAP, sempre trabalhei na área da criação. Na faculdade tive bons professores, no ciclo básico de dois anos era tudo junto, Artes Plásticas, Comunicação Visual e Desenho Industrial. Não tinha oficina cerâmica naquele tempo, agora tem marcenaria e tudo. Sabe que dou aulas lá, né? Um professor chamado Manlio Rizzente me passou o conceito de desenho industrial. Outros professores importantes foram Eurico Prado Lopes e, de Artes Plásticas, Donato Ferrari. Fiz técnico de dietética em 1967. A gente era obrigado a fazer estágio em hospital, fábrica, escola e creche, e não gostei nada da idéia. Aí mudei e fiz cursinho para prestar arquitetura. A única coisa que sei que gosto é arte. Desde criança no Japão existe aula de Arte, da mesma forma que Matemática, Língua Japonesa, Sociologia e Ética Social. Aprendi na escola o que fazer se encontrar uma carteira no chão. Vim para o Brasil, passei mal, todo mundo era esperto...

Quando a gente era criança, tinha muito mangá com judoca, uma filosofia de valores. Eu pensava, não vou fazer isso, questionava os valores. Tinha uns personagens sem escrúpulos... Mas isso mudou. Como na literatura, nas artes, as coisas vão sendo transgressoras.

Depoimento à jornalista Patrícia Patrício
Fotos: Chi Qo e arquivo pessoal de Kimi Nii


Enviada em: 05/03/2008 | Última modificação: 07/03/2008
 
« Donguri: do barro à madeira Uma viagem feliz para o Brasil »

 

Comentários

  1. mariana_figueiredo4@hotmail.com @ 5 Mar, 2008 : 20:30
    Parabéns! Com certeza temos que valorizar muito mais a diversificada cultura do nosso país. Seu trabalho é muiito legal. De verdade! Parabéns novamente por expor a sua história aqui.

  2. mat5 @ 7 Mar, 2008 : 13:29
    parabens

  3. Madoka Otsuka @ 29 Mar, 2008 : 09:26
    Li a história de vida, e as fotos de Kimi Nii. Dá um livro a história toda da família. Sou fã dos trabalhos dela, infelizmente só conheço através de fotos. As fotos do ateliê, no bairro do Butantã, enviadas por ela e do Chi Qo estão estupendas! Muito boas, adoreeei. Li que ela morou na mesma cidade que eu, Embu. As flores que ela plantou no jardim, me lembraram meu pai e minha avó, já falecidos, que também adoravam a helicônia, e que belo título: jardim de afetos perfumados. Pelas fotos passa a imagem de uma mulher forte, vigorosa, jovem e bonita. Parabéns Kimi Nii, adorei o seu nome e significados. Sayonara Madoka Otsuka

  4. ivantaba@hotmail.com @ 10 Abr, 2008 : 23:17
    Obrigado, por compartilhar a história da sua vida, com todos nós. Este depoimento, é um relato dos sobreviventes que sentiram o drama deste período. Ler sobre a vida de Kimi é sentir toda a sua sensibilidade que se transforma em obra de arte.

  5. Adriana Matsumoto @ 29 Ago, 2008 : 08:20
    Parabéns! Acompanho seu trabalho através das peças fotografadas para a Revista Casa Cláudia. Gostaria muito de poder comprar algumas cerâmicas para minha casa.

  6. t.sugui@hotmail.com @ 29 Ago, 2008 : 14:09
    Conheci a Kimi Nii nos anos 60, e fico contente que ela continua ainda na luta. Parabens. Tomoaki Sugui

  7. jorge @ 7 Nov, 2008 : 11:24
    muito interessante

  8. djucilene@yahoo.com.br @ 10 Nov, 2008 : 21:28
    muito interessante,seu trabalho conheci algumas pecas através de um amigo.

  9. CERAMISTAS GOSTARTA DE MANTER CONTATO COM @ 15 Ago, 2010 : 06:56
    Kimi Nii GOSTARIA SABER COMO POSSO DIVULGAR SEUS TRABALHOS E APRIMORAR MINHAS PESQUIZAS SOBRE CERAMISTAS

Comente



Todo mundo tem uma história para contar. Cadastre-se e conte a sua. Crie a árvore genealógica da sua família.

Árvore genealógica

Histórias

Vídeos

  • Nenhum vídeo.

| mais fotos » Galeria de fotos

Áudios

  • Nenhum áudio.
 

Conheça mais histórias

mais perfis » Com o mesmo sobrenome

mais perfis » Com a mesma Província de origem

 

 

As opiniões emitidas nesta página são de responsabilidade do participante e não refletem necessariamente a opinião da Editora Abril


 
Este projeto tem a parceria da Associação para a Comemoração do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil

Sobre o Projeto | Cadastro | Fale Conosco | Divulgação |Termo de uso | Política de privacidade | Associação | Expediente Copyright © 2007/08/09 MHIJB - Todos os direitos reservados