Olá, faça o Login ou Cadastre-se

  Conte sua históriaAgnês Mäyümi › Minha história

Agnês Mäyümi

São Paulo / São Paulo - Brasil
46 anos, Biomédica Embriologista e Acupunturista

Nagasaki-Hokkaido


Em Hokkaido, meu bisavô,Sawajiro Yamaguchi se casa com minha bisavó Tôme Bandô e têem 7 filhos: Kazuei(meu avô),Seki,Yoshimi,Kuraji,Tsuyako, Mitsuko e Shizuko(viva, residente em Limeira).
Em 03 de Junho de1932, após a morte de meu bisavô,chega ao porto de Santos (SP) desembarcando do navio Santos-maru, minha bisavó, tendo meu avô, (27anos), como chefe de família, já estando casado com minha avó, Sayo Tamura (21).Meus tios-ovôs tendo: Seki(22),Yoshimi(18),Kuraji(15), Tsuyako(13),Mitsuko(10) e Shizuko(03),todos vão para a Fazenda Guatapará em Mogiana(SP), em uma fazenda de algodão, depois vão para Guararapes (SP), onde nasce meu tio(Shuiti);quatro meses depois, meus avós partem para o Rio Grande do Sul, cidade de Caxias do Sul e depois, para a cidade de Passo das Serpas (Uruguai) onde minha mãe (Rena) nasceu, depois em Livramento(atual Santana do Livramento) onde minha mãe foi registrada e nasceram meus tios Jorge, Mario e Luisa e em São Gabriel,onde nasceu meu tio caçula Ciro, a Família de minha mãe andou por várias cidades, como Santa Rosa, São Gabriel, Porto Alegre e finalmente fincaram residência no atual município de Cachoerinha, ao lado de Gravataí, onde quase todos os meus tios residem até hoje, com exceção da minha Tia Luisa que reside em Porto Alegre e do Tio Mário que já se foi tão prematuramente.


Enviada em: 08/05/2008 | Última modificação: 09/05/2008
 
Infância »

 

Comentários

  1. Silvio Sano @ 9 Mai, 2008 : 09:32
    Querida Mayumi-chan. Já estava na expectativa dos textos quando vi postadas as fotos primeiramente. E fiquei emocionado ao lê-los. Confesso que não imaginava que sabia tanto assim sobre os ancestrais, ou, mesmo não sabendo, que tivesse tanto interesse assim sendo da terceira geração. A tia Kazue e eu ficamos muito felizes e orgulhosos com essa sua postura e torcemos pelo sucesso em suas pesquisas com embriões que, sempre, por mínimo que seja, trata-se de contribuição à humanidade. Um grande beijo.

Comente



Todo mundo tem uma história para contar. Cadastre-se e conte a sua. Crie a árvore genealógica da sua família.

Árvore genealógica

Nenhuma árvore.

Histórias

Vídeos

  • Nenhum vídeo.

| mais fotos » Galeria de fotos

Áudios

  • Nenhum áudio.
 

Conheça mais histórias

mais perfis » Com a mesma Província de origem

 

 

As opiniões emitidas nesta página são de responsabilidade do participante e não refletem necessariamente a opinião da Editora Abril


 
Este projeto tem a parceria da Associação para a Comemoração do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil

Sobre o Projeto | Cadastro | Fale Conosco | Divulgação |Termo de uso | Política de privacidade | Associação | Expediente Copyright © 2007/08/09 MHIJB - Todos os direitos reservados