Olá, faça o Login ou Cadastre-se

  Conte sua históriaErnesto Akito Kondo Komatsu › Minha história

Ernesto Akito Kondo Komatsu

São Paulo / SP - Brasil
46 anos, médico

Meu irmão Augusto


Em abril de 1989, quando eu tinha 10 anos, meu irmão Augusto nasceu. Contudo, devido a complicações ocorridas durante o parto, ele teve de ficar internado durante 20 dias na UTI, e acabou ficando com uma seqüela cerebral. Aos seis meses de idade, ele ainda não conseguia movimentar os membros e tinha dificuldades inclusive para se alimentar. Sempre precisou ter acompanhamento de fisioterapeuta e fonoaudióloga.

Nesse mesmo ano, meu pai foi transferido (novamente) para Tóquio. Fomos morar em uma cidade chamada Sagamihara, na Província de Kanagawa. Comecei a ajudar os meus pais fazendo faxina, lavando roupas, fazendo compras no supermercado, e tudo o mais que estivesse ao meu alcance para que eles pudessem dar toda a atenção que o meu irmão precisava e merecia. Eu desejava profundamente que meu irmão conseguisse andar, falar, brincar... Foi nessa época que eu decidi que queria ser médico.

Eu comecei a cursar a 6ª série no Oonoshougakkou (大野小学校). A escola de lá era bem diferente, bem mais rigorosa. Pelo menos quando eu cursei, as aulas eram de segunda-feira a sábado; começavam por volta das oito e meia da manhã, e terminavam às três da tarde, exceto no sábado, quando eu era liberado ao meio-dia. Os alunos tinham de participar de pelo menos duas reuniões todos os dias com a professora responsável pela sala, antes do início e no final das aulas.

Também havia reuniões semanais com os colegas da mesma sala para tratar de assuntos diversos, por exemplo, organizar a faxina (souji) da escola (cada grupinho da classe era responsável por alguma área da escola), o festival de cultura, o undôkai (gincana esportiva). Felizmente não tive dificuldade para me adaptar. Nessa época comecei a treinar kendô, a arte marcial tradicional japonesa com espadas de bambu.

Infelizmente, em novembro do mesmo ano, meu irmão faleceu. Fiquei muito triste, porque queria ter sido capaz de curá-lo.


Enviada em: 11/10/2007 | Última modificação: 11/10/2007
 
« Definitivamente no Brasil Idas e vindas »

 

Comentários

  1. Angélica @ 11 Out, 2007 : 17:41
    Puxa, que linda história de vida! Parabéns!

  2. Roseli @ 13 Abr, 2008 : 01:02
    Parabéns pelo exemplo de vida! O Brasil necessita de médicos e pessoas como você! A mistura de culturas é o que nos enriquece! Que você e a Vivi tenham lindos filhos mestiços como os meus sobrinhos! Sucesso!

  3. Rosangela Lesnock dos Santos Yamasaki @ 14 Abr, 2008 : 11:44
    Sugoi a sua história heim,Ernesto!Parabéns pela lição de vida!Nossas historias acabam se encontrando,sou brasileira pura e estou no Nihon,tentando alcançar alguns dos meus sonhos!Ao contrário dos que os outros falam,existem pessoas muito amáveis aqui.Decidi após sete anos de Japão ,aprender a falar e ler nihongo.Hontoni muzukashi!Mas,daqui a algum tempo espero poder contar minha história de sucesso.Beijos e felicidades para voce e a Vivi!!!!Rosangela

  4. Rose @ 19 Jun, 2008 : 20:03
    Dr.Parabéns, gostei muito da sua história, achei muito bacana seu depoimento.

  5. Rose @ 19 Jun, 2008 : 20:03
    Dr.Parabéns, gostei muito da sua história, achei muito bacana seu depoimento.

  6. Suzana @ 24 Jul, 2008 : 16:18
    Que legal o seu relato!Tbm sou de Ibaragi por parte de mae.Precisando de alguma informacao da regiao pode me escrever maracuja_acai@hotmail.com

  7. Suzana @ 24 Jul, 2008 : 16:28
    Que legal o seu relato!Tbm sou de Ibaragi por parte de mae.

  8. Paula @ 28 Jul, 2008 : 12:19
    Eu treino no Kabukan, e muito embora o Harashima Sensei não esteja mais ensinando lá, o Kendo passa maravilhosas lições de vida. Espero que você não tenha parado de treinar. Faito!

Comente



Todo mundo tem uma história para contar. Cadastre-se e conte a sua. Crie a árvore genealógica da sua família.

Árvore genealógica

Nenhuma árvore.

Histórias

Vídeos

  • Nenhum vídeo.

| mais fotos » Galeria de fotos

Áudios

  • Nenhum áudio.
 

Conheça mais histórias

mais perfis » Com o mesmo sobrenome

mais perfis » Com a mesma Província de origem

 

 

As opiniões emitidas nesta página são de responsabilidade do participante e não refletem necessariamente a opinião da Editora Abril


 
Este projeto tem a parceria da Associação para a Comemoração do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil

Sobre o Projeto | Cadastro | Fale Conosco | Divulgação |Termo de uso | Política de privacidade | Associação | Expediente Copyright © 2007/08/09 MHIJB - Todos os direitos reservados