Olá, faça o Login ou Cadastre-se

  Conte sua históriaMuriel M. B. Choshi › Minha história

Muriel M. B. Choshi

Cambé / PR - Brasil
40 anos, Auxiliar

Minha história dekassegui - 1995 - Parte 2


"Ojissan!" foi a primeira coisa que eu disse para o meu Chefe de Departamento na empresa...

No dia posterior á entrevista, (juro que as macaquices do meu pai surtiram certo efeito no Sr. Nishimura - acho que foi dó). Apresentei-me na empresa acompanhado da minha "bá". Ela fez toda a cerimônia de reverencias e recomendações por mim - alguém tinha que fazê-lo - e eu fiquei tímido em gastar minhas papagaices naquele instante mágico, que foi finalizado com o presentear de um pacote de café 100% comprado no mercadinho da esquina de casa a 19.000 km dalí.

Agora, era o Sr. Nagashima quem iria "cuidar de mim" pelas 8 horas seguintes de jornada do trabalho. Ele tinha uma cara bondosa, em seus 60 anos na época. A cabeça era toda branca, magrelo e uniforme encardido. Conversava o tempo todo, mesmo sabendo que eu não entendia nada do que se tratava o assunto (ou o idioma pra piorar).

Eu era o único brasileiro na empresa, que era um depósito de metal e vigas. O serviço era simples, os caminhões encostavam e a gente carregava/descarregava a carga através de guindastes. Os horários de aporte permitiam uma certa rotina: descarregamento do material pela manhã, carregamento dos pedidos ao longo do dia. Os extrangeiros restantes eram chineses, evidentemente todos colocados alí pelo Sr. Nishimura. Se eu dissesse que eram todos ilegais, seria uma "mera coincidência" - ou seja ninguém existia alí. O nosso pagamento era feito semanalmente, pra não gerar (muitas) evidências.

O Sr. Nagashima era uma figura. Na primeira vez ele permitiu que eu o chamasse de "ojissan" por pelo menos 3 vezes naquele dia. Nota: pq alguém diria "ojissan" 3 vezes em um dia? Agora eu entendia na pele o que era ser um macaco acrobata sorridente. Experimente ficar surdo por 8 horas:

Sr. Nagashima
- blábláblábláblá, ok?, ok?, ok? (tradução: pare de me chamar de "ojissan" ok? ok? ok?)

Eu:
- ok ojissan!

Na quarta vez foi algo do tipo "MIM NAGASHIMASAN, OJISSAN NO!"


Enviada em: 17/08/2010 | Última modificação: 17/08/2010
 
« Minha história dekassegui - 1995 - parte 1 Minha história dekassegui - 1995 - Parte 3 »

 

Comentários

  1. LG @ 17 Ago, 2010 : 11:14
    muuuito legal mesmo Muri!vc é o cara meu quirido... forte abraço de um amigo feito na volta dessa jornada...

  2. Tiemi @ 17 Ago, 2010 : 11:32
    Primo, que história incrível!!! Dei muita risada! Quero mais!!!!! bjs

  3. vic @ 17 Ago, 2010 : 18:26
    kkkkkkk... fatos talvez complicados do passado e q hj servem de memória com diversão!!! ficar surdo por 8 horas talvez seja o maior paradoxo de todos, se considerar o antes (naquela época) e o agora...rsrs

Comente



Todo mundo tem uma história para contar. Cadastre-se e conte a sua. Crie a árvore genealógica da sua família.

Árvore genealógica

Nenhuma árvore.

Histórias

Vídeos

  • Nenhum vídeo.

» Galeria de fotos

  • Nenhuma foto.

Áudios

  • Nenhum áudio.
 

Conheça mais histórias

mais perfis » Com a mesma Província de origem

 

 

As opiniões emitidas nesta página são de responsabilidade do participante e não refletem necessariamente a opinião da Editora Abril


 
Este projeto tem a parceria da Associação para a Comemoração do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil

Sobre o Projeto | Cadastro | Fale Conosco | Divulgação |Termo de uso | Política de privacidade | Associação | Expediente Copyright © 2007/08/09 MHIJB - Todos os direitos reservados