Olá, faça o Login ou Cadastre-se

  Conte sua históriaDaniel Jun Hashimoto › Minha história

Daniel Jun Hashimoto

Kanagawa-ken / Yokohama-Shi - Japão
42 anos, acupunturista

Crescer no poente


Assim como a história de muitos que participam deste projeto da Abril, este é o relato de um dekassegui.

Jun Hashimoto é um jovem idealista que, de cá seguiu, e na Terra do Sol Nascente se formou como acupunturista. Hoje seus pacientes agradecem com sorrisos das mais variadas etnias. Este depoimento foi dado à jornalista Juliana Kiyomura.

“Meu nome é Daniel Jun Hashimoto. Sou filho de mãe japonesa e pai descendente e assim como todo brasileiro, joguei bola, fiz travessuras na escola e tomei chimarrão. Afinal, morava no Sul. Aos dezoito anos, resolvi vir ao Japão e, desta forma, conhecer a terra em que minha mãe nascera.

Com espírito aventureiro, uma mala repleta de sonhos e pouco dinheiro cá cheguei, em 1996. Vim em busca de minhas raízes e de mim próprio. E, em uma fábrica de eletroeletrônicos, encontrei meu primeiro trabalho.

De acordo com o Ministério da Justiça do Japão, a mão-de-obra brasileira está entre a terceira mais numerosa que vive naquele país, ficando atrás apenas dos chineses e coreanos.

Um de meus primeiros motivos para a tão sonhada empreitada era ganhar dinheiro, e assim acumular riqueza, além de conquistar a nacionalidade. Porém, com o decorrer dos doze anos que aqui moro, já deixei de pensar assim.

Aos poucos, fui percebendo que minhas mãos rápidas e a precisão que eu tinha com as pequeninas peças eletrônicas podiam lidar muito mais do que com máquinas e linhas de montagem. Podiam lidar com vidas e com a melhoria da saúde do próximo. Poderiam se humanizar cada vez mais".

DEPOIMENTO À JORNALISTA JULIANA KIYOMURA.


Enviada em: 17/09/2008 | Última modificação: 17/09/2008
 
« Acupuntura: O concretizar de um sonho

 

Comentários

  1. Erica M. Otani @ 18 Set, 2008 : 06:28
    Parabens Jun!! A sua historia eh um exemplo unico de obtividade, determinacao e criterio de vida que se transformou em uma pagina do processo centenario da Imigracacao Japonesa! Assim como nossas historias, deixemos preciosas herancas aos nossos descendentes e a este mundo, assim como nossos ascendentes nos deixaram, fazendo de cada exemplo referencias para o nosso auto desenvolvimento! Vamos todos dar continuidade a este eterno ciclo de forma mais consciente e satisfatoria(^o<)"! E a Historia se repete...

  2. Erika Missae Matui @ 18 Set, 2008 : 06:48
    Ola, Jun! Gostaria de deixar registrado os meus Parabens! Pela sua coragem e perseveranca! Acredito que muitos de nossos conterraneos tenham algum tipo de sonho la no fundo da gaveta, que por um motivo ou outro acabou sendo esquecido..., e exemplos como o seu com certeza deve servir de inspiracao para alguns! A partir de agora ha um longo caminho pela frente..., e estarei torcendo para que o aprendizado continue, e que voce esteja sempre receptivo a ele! um grande abraco

  3. Enio @ 18 Set, 2008 : 08:47
    Parabéns pela matéria, Juli! Isso ajuda a mostrar que é importante acreditar nos sonhos e que, ao perseguí-los, podemos ter surpresas que acabam se transformando em outros sonhos...

  4. Kiko @ 18 Set, 2008 : 13:22
    Parabéns! O mais interessante do depoimento é a transformação que nos ocorre ao entrar em contato com outras pessoas, outras culturas. Há quem passe a vida num país ou num lugar sem querer viver mais do que já vive, sem querer mudar o que se é. Este depoimento mostra quão proveitoso pode ser mudarmos nossa percepção de como podemos agir no mundo e até onde podemos chegar! Do chão-de-fábrica a uma clínica, é uma bela trajetória, realmente!

  5. wilma mieko @ 18 Set, 2008 : 20:58
    Parabéns para Juliana pela excelente matéria, e parabéns para Jun, pela sua conquista merecida, um exemplo para muitos!

  6. Aimee @ 23 Set, 2008 : 15:54
    É incrível como, com persistência, se vai tão longe. Jun se mostra como um exemplo para os demais dekasseguis e também o texto é muito poético. É muito bacana esta iniciativa da Editora Abril e de seus jornalistas.

  7. Maristela @ 23 Set, 2008 : 16:16
    Admiro mudanças...Parabéns Jun, pela sua coragem de MUDAR! Jú, seu texto impecável...sem comentários!

  8. Tiemi @ 25 Set, 2008 : 20:52
    Juliana parabéns pela matéria!Continue batalhando sempre pelos seus objetivos e escrevendo brilhantes matérias. Jun parabéns pelo seu sonho conquistado!Que você vença todos os obstáculos impostos e que continue crescendo cada vez mais.

  9. Chodi Maruyama @ 2 Dez, 2008 : 21:47
    Olá Jun, então,foi muito bom o tempo q praticamos shiatsu e reflexologia e me alegro saber que realizaste um sonho, parabéns. Hoje estou terminando o curso de Fisioterapia aqui no Brasil e está aberto o convite de você voltar para a tua Terra e juntos trabalharmos...Um grande abraço e o teu texto está maravilhoso.

  10. Daniel Jun Hashimoto @ 8 Abr, 2010 : 07:43
    Boa tarde! Meu nome é Flávia de Oliveira Carvalho só entrei no site para procurar um pessoa que fez parte da minha juventude! Morei em Carajas (PA) e entre os anos 80 e 90 conheci um rapaz chamado Jun Moto (não tenho certeza do sobrenome dele!!). Nós o chamavamos dessa maneira. Filho de mãe brasileira e pai japonês tinha os olhos verde e era muito alto. Ele foi estagiário da CVRD (VAle do Rio Doce). Ele morava em Belem (PA). E a ultima notícia que tive dele é de que estava trabalhando como aviador. Em momentos vagos DJ's! Qualque notícia eu agradeceria muito a você. flaviacavalc@yahoo.com.br Busca: colônia japonesa de Belém no Pará

Comente



Todo mundo tem uma história para contar. Cadastre-se e conte a sua. Crie a árvore genealógica da sua família.

Árvore genealógica

Nenhuma árvore.

Histórias

Vídeos

  • Nenhum vídeo.

» Galeria de fotos

  • Nenhuma foto.

Áudios

  • Nenhum áudio.
 

Conheça mais histórias

mais perfis » Com o mesmo sobrenome

mais perfis » Com a mesma Província de origem

 

 

As opiniões emitidas nesta página são de responsabilidade do participante e não refletem necessariamente a opinião da Editora Abril


 
Este projeto tem a parceria da Associação para a Comemoração do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil

Sobre o Projeto | Cadastro | Fale Conosco | Divulgação |Termo de uso | Política de privacidade | Associação | Expediente Copyright © 2007/08/09 MHIJB - Todos os direitos reservados