Olá, faça o Login ou Cadastre-se

  Conte sua históriaCelina Yamamoto Nishimura › Minha história

Celina Yamamoto Nishimura

São Paulo / São Paulo - Brasil
66 anos, Bancária

A viagem do Japão para o Brasil contada em desenhos


Meu pai, DAIZI YAMAMOTO, partiu do porto de Kobe no dia 16.06.1938 e chegou no porto de Santos em 01.08.1938, a bordo do Rio de Janeiro Maru.
Ele foi o único da sua família a vir para o Brasil, juntamente com os seus tios e primos, a família Mori, deixando para trás, a sua terra natal, Fukuoka.
Durante a viagem de 42 dias, ele queria registrar as belas paisagens e mandar notícias para a sua mãe e irmãos que ficaram no Japão, mas não tinha máquina fotográfica e tão pouco havia cartões postais disponíveis para compra. Então, resolveu desenhar, aquilo que para ele era tudo novidade e assim mandou os desenhos para a sua família, como um diário de bordo.
A sua mãe, que sentia muitas saudades do filho, foi guardando cada desenho com muito carinho e os encadernou. Imagino que ao ver cada desenho e ao ler as suas cartas, ela acabava com lágrimas nos olhos.
Quando o meu pai retornou ao Japão após 32 anos para visitá-la, ela entregou para o seu querido filho, o caderno que havia guardado com tanto cuidado, como se fôsse um tesouro. Logo depois acabou falecendo, como que estivesse reunindo forças para continuar viva até revê-lo.
Guardamos estes desenhos como uma lembrança muito importante e preciosa, afinal, após setenta anos, os papéis já estão até amarelados.
Casou-se com Tomiko Kokudai em 1951 e teve três filhas, Cecilia, Celina e Celia e quatro netas, Susana, Agnes, Magali e Deise.
Voltou novamente ao Japão em 1984 juntamente com a sua esposa e em 1996, sempre para visitar os seus familiares que continua mantendo um estreito relacionamento até os dias de hoje.
Uma de suas alegrias é conhecer novos lugares e tem viajado mundo afora. Procura usar toda a sua capacidade física, mental e espiritual para fazer o seu melhor. Vai diariamente à biblioteca da Fundação Japão, na Avenida Paulista ou do Bunkyo, assiste filmes japoneses e procura estar sempre atualizado. Aos domingos não deixa de frequentar a Igreja Metodista Livre.
Hoje ele está com 85 anos e sente-se feliz em estar vivendo no Brasil!


Celina Yamamoto Nishimura


Enviada em: 29/02/2008 | Última modificação: 20/06/2008
 

 

Comentários

  1. Deise Nishimura @ 1 Mar, 2008 : 15:06
    Historia emocionante e lindas ilustracoes! Queria ter herdado os dons artisticos do oditchan. Amazing!

  2. Magali Nishimura @ 2 Mar, 2008 : 11:36
    Que legal! Esses desenhos sao tao preciosos. Que orgulho do oditchan! =)

  3. Nair Hama Okazuka Koshiyama @ 5 Mar, 2008 : 08:12
    Celina, que história comovente! Seu pai um menino ainda e com vontade férrea de contar o que via para a sua mãe resolveu desenhar....os desenhos são espetaculares! Parabéns por contar essa inusitada história para nós.

  4. Sílvio Sano @ 5 Mar, 2008 : 09:35
    Prezada Celina, parabéns por fazer uso deste importante site da editora Abril para socializar conosco estes estupendos trabalhos do papai Daizi-san, bem como mostrar-nos a razão que o levou a fazê-los e a recompensa merecida, ao rever a okaasan. E para que isso fique para a posteridade, sugiro disponibilizá-los, de alguma forma, com a autorização do papai, lógico, em algum museu específico (Museu da Imigração Japonesa ou Memorial do Imigrante). Um grande abraço a Daizi-sama também.

  5. Arlete Lo Russo @ 5 Mar, 2008 : 19:36
    Celina, a história do seu pai é comovente e os desenhos dele são belíssimos e ricos em detalhes, realmente merecem ser expostos num museu de arte.

  6. Elizabeth Mie Higasi Kohara @ 6 Mar, 2008 : 15:20
    Celina, parabéns por disponibilizar ao público parte da história da imigração, através da detalhada arte de seu pai. Vi os desenhos e fiquei imaginando que minha mãe viu e viveu estas paisagens retratadas por seu pai, afinal estavam no mesmo navio!

  7. Marcelo Takara @ 6 Mar, 2008 : 18:32
    Que bom que está divulgando o que temos privilégio de conhecer de perto: a pessoa e os desenhos de seu pai, um homem tão especial. Parabéns!

  8. eraldo @ 6 Mar, 2008 : 22:42
    oi celina, muito bom, o convite ta feito pra seus pais conhecerem a maravilhosa e encantadora indaiatuba.kkkkkkkkkkkkkkk parabens e um abraçao para toda familia....

  9. Midori e Takero Oshima @ 7 Mar, 2008 : 09:34
    Parabens Celina. Que seu pai continue com saude, e felicidade junto com seus queridos.

  10. jorge yamaguchi @ 7 Mar, 2008 : 18:56
    Celina, seu pai produziu com arte e talento uma verdadeira reportagem de viagem em imagens, e elas permitem que fechemos os olhos e fiquemos a tentar imaginar como terá sido a odisséia dos que emigraram rumo ao desconhecido - Brasil, registrando com as cores de sua sensibilidade as diversas paisagens que presenciou durante a longa viagem. Fez bem você em publicar, essa divulgação é uma homenagem que seu pai merece. Essas obras de arte me permitiram também inferir de quem você herdou o mesmo dom - e que nós que já convivemos com você conhecemos.

  11. Lucy Miki @ 7 Mar, 2008 : 19:24
    Celina, que preciosidade de homenagem voce conseguiu fazer ao seu pai! Os desenhos e a historia sao comoventes e envoltas por emocoes que so' poderiam ser valorizadas por pessoas lindas como voce. Em nada me impressiona que esta especial e rica mensagem tenha sido autoria sua. Sua admiradora sempre... Lucy

  12. Douglas Minei @ 8 Mar, 2008 : 16:37
    Ola Celina! Obrigado por compartilhar esta historia. Me fez querer descobrir mais sobre minhas raizes tambem. Os desenhos sao muito belos e preciosos. Tudo de bom para o oditchan e sua familia! Doug.

  13. Setsuko Hanazaki @ 10 Mar, 2008 : 06:41
    Parabéns Celina, por compartilhar com todos os preciosos desenhos históricos do seu pai. Imagino que ele deva ter continuado a desenhar depois que chegou ao Brasil fazendo registros interessantes. Um grande abraço

  14. Karin Soga @ 10 Mar, 2008 : 16:54
    Celina, vendo traços tão perfeitos em cada desenho e a expressão de cada um deles, sinto a coragem e a esperança deixadas nos papéis ao vir para o Brasil.Parabéns !!!

  15. Larry Caparelli @ 11 Mar, 2008 : 09:05
    Celina, você tem razões de sobra para sentir orgulho do seu pai. Sua história e seus desenhos são especiais. Parabéns por compartilhar tudo isso conosco. Muita saúde para seu pai e para vocês. Grande abraço!

  16. Kellen Tadano @ 11 Mar, 2008 : 21:15
    Celina, fiquei super emocionada de ver os desenhos do seu pai. Que graca de homem!! Obrigada por compartilhar a historia da sua familia. Ja sei da onde veio seus dons artisticos. Achei os desenhos maravilhosos!! Parabens! Saudades ...

  17. Agnes Narimatsu @ 11 Mar, 2008 : 21:50
    Hey tia!! Muito legal mesmo registrar esta história! ainda mais com os desenhos do oditian! me dá muito orgulho dele! acho q deveríamos mesmo tentar expor os desenhos! seria uma grande honra para ele! ainda mais que ele é um grande admirador de museus! B-jos, Agnes

  18. Tizuko Shiraiwa @ 14 Mar, 2008 : 18:26
    Celina Fiquei muito emocionada em conhecer este aspecto da história de seu pai que eu desconhecia totalmente. Mande o meu grande abraço para ele.

  19. Akiho Hamamura @ 15 Mar, 2008 : 06:50
    Oi tudo bem? Nossa, eu fiquei emocionada pelos desenhos feitos pelo seu pai, depois de tantos anos ainda tão bem conservadas, Parabéns!!!!!

  20. Miyoe Yasutake @ 15 Mar, 2008 : 09:46
    Obrigada por expor através destes lindos desenhos,um pouco da historia do seu pai,que é um exemplo de vida.Parabens!!!

  21. Shozo Shiraiwa @ 15 Mar, 2008 : 19:32
    Celina. Que relato emocionante. Obrigado por compartilhar estas imagens. Parabéns a você e ao seu pai.

  22. Tamotsu Yamada @ 15 Mar, 2008 : 20:17
    Celina, ficamos muito emocionados e extasiados com a belíssima história e desenhos de seu pai. Mande um gd abraço à ele e lembranças à todos vcs. Tamotsu e Antonia

  23. Sachiko Saito @ 16 Mar, 2008 : 07:02
    Hello from Tokyo, Japan. Celina, totemo kandou shimashita. Thinking about the history, it touches my heart. I felt really emotional thinking about how your father's mother would have felt to see these pictures. It was lovely to be friends with you and your family. My heart is for all the Japanese people in Brazil.

  24. Norizou Yamamoto @ 16 Mar, 2008 : 22:56
    From Japan Brazil imin 100nen de Daize Oji-sama ga kakareta 19 mai no e mo haiken shimashita. Print out shite butsudan ni age Tama obaasan ni houkoku shimashita.Cyoudo watashi no musuko Kihiro ga onaji toshi desu. Oji-sama no gokurou sareta koto wo aratamete omoimashita. 19 mai no e wo oshiete itadaki Arigatou gozaimashita. Mina san ga ogennki de sugosareru koto wo oinori shiteimasu.

  25. kunihiro e Ana Narimoto @ 17 Mar, 2008 : 07:53
    Obrigado por compartilhar conosco a rica herança que seu pai está deixando.

  26. sue @ 17 Mar, 2008 : 12:11
    Thank you so much for letting me know about your family history. You and your family must be proud of your father. I am also quite impressed by him. I am delightful to see you all on the web site as well. I hope Daniel is well ( He isn't in the front picture). Hope to see you soon.

  27. Ikuyo Nakamatsu @ 19 Mar, 2008 : 17:06
    From Japan - Dear Celina I saw the news on the 100th Brazilian immigrant anniversary in TV. The immigrant left the Kobe port. I live in Ashiya City next to Kobe. I saw the picture that your father had written. The appearance 70 years ago was transmitted from the picture. The picture is like the ukiyoe. It is very beautiful. Your father were taking of months how many by the ship. It is likely to have a hard time. It will be possible to go by airplane in a day now. Scenery in the port to which your father had gone was transmitted.

  28. Davi Abe @ 20 Mar, 2008 : 13:27
    Cara Celina, Parabéns para o sr. Yamamoto e todos vocês! Que Deus os abençoe! Não sabia que o seu pai era um artista! Os desenhos são lindos! Abraço. Davi

  29. Ana Luisa Makino Shiraiwa @ 21 Mar, 2008 : 00:11
    Minha tia Tizuko que me mandou seu link! Fiquei muito emocionada e encantada com as gravuras de seu pai!

  30. Kenji Arimura @ 21 Mar, 2008 : 00:41
    Realmente, são fantásticos os desenhos de seu pai! E a história dá um toque comovente à sua arte. Parabéns!

  31. bibiana cs shiraiwa @ 22 Mar, 2008 : 05:12
    Parabéns pelo lindo relato. amei os desenhos, queria ver todos. abraços, bibiana (filha do Shozo)

  32. Kenji Arimura @ 22 Mar, 2008 : 08:13
    Olá Celina. Obrigado pelo comentário! É engraçado eu pensar que sou refém de uma verdadeira parafernália tecnológica para chegar à um resultado tão simples, enquanto o seu pai faz uso do simples para atingir o extraordinário. Isso é que é arte!

  33. lana @ 25 Mar, 2008 : 12:57
    gostaria te entrar em contato com a celina. como devo fazer?

  34. Celina @ 25 Mar, 2008 : 15:41
    Oi, Lana. Mande-me uma mensagem através do "Enviar Mensagem" que está abaixo da foto e eu entrarei em contacto com você!

  35. Gisele Sayuri Suzuki @ 29 Mar, 2008 : 19:53
    Oi tia!! Adorei a historia do seu pai! Fiquei super emocionada qd vi aqueles desenhos tao bonitos! A gente fica imaginando os lugares q ele passou, a tristeza de estar longe da familia e a dedicacao pra retratar cada detalhe das paisagens, na esperanca de q estes chegariam nas maos da sua mae, do outro lado do mundo...Q talento, hein?? Ja mostrei pros meus pais e agora vou mostrar pra minha avo tb! Obrigada por compartilhar com a gente! Bjs!

  36. Susie @ 31 Mar, 2008 : 02:35
    Oi Celina, obrigada por compartilhar esta homenagem. Meus olhos ficaram marejados ao ver mais uma vez o seu amor pelo pai... e tantas vezes eu pude ver esta cena! Te admiro muuuuito!

  37. Sílvio Sano @ 8 Abr, 2008 : 07:55
    Parabéns, Celina... e ao seu pai, lógico, pelo merecido "flash" no SPTV, ontem. Bem como pelos inúmeros comentários de japoneses aqui, pois apesar dos textos em português traz o conteúdo sobre a viagem dos imigrantes japoneses por uma linguagem universal que é a pintura... e que, muitas vezes, falava mais do que palavras... porque estimula a imaginação. E parabéns também à equipe deste site da Abril que propiciou até aos simples mortais (não é o caso do papai Daizi-sama) comunidade a se exporem como verdadeiramente são. Um grande abraço.

  38. Sandra H. Veronese @ 8 Abr, 2008 : 13:46
    Oi, Celina! Que surpresa ver a história da sua família! Parabéns pelo seu pai e pelos desenhos! Ele é um verdadeiro designer. Já sei de onde a Magali herdou o talento... bjs

  39. Márcia Lumi Suzuki @ 18 Abr, 2008 : 17:25
    Oi Tia Celina, tudo bem? Não sei se lembra de mim, mas eu vi a entrevista, acho que no jornal nacional, agora não me lembro! E, nossa... não sabia que o seu pai tinha vindo do Japão e feito esses desenhos lindos!! PARABENS!!! Deus abençoe mto a sua familia!! Manda bjo pra Deise e pra Magali!! bjs

  40. Dr. Paulo Aoki @ 20 Abr, 2008 : 05:52
    Sr. Daizi Yamamoto. Muito interessante, como o Sr.eternizou cada momento da viagem .Cada desenho, mostra o "dom"de um verdadeiro artista.Parabéns. Parabéns.

  41. Kimiko Horie @ 28 Abr, 2008 : 07:30
    From Japan... Taizi ozisan no imin no toki Tamaobaachan ni okutta e wo misete itadakimasita. shasin no youna e desita node totemo kandou simasita. niyu-su sinbun no kizi mo mimasita. ozisan Celina san no ogenkisouna sugata wo mite mata 2nen maeni houmon sita toki no koto natukasiku omoi dasite imasu .Brazil de no 100 shunen no oiwai no yousu ga wakali masita. Taizi ozisan ni wa otegami wo kakimasu. ogenkide. kimiko

  42. Maira (mmel_m@hotmail.com) @ 6 Mai, 2008 : 16:05
    Oi tia tudo bem? Vi as fotos dos desenhos do seu pai e sao muito bonitos, fiquei impressionada!!! Ele tem mto talento, parabens!!! E tudo de bom pra vcs!!! bjos

  43. Noriyuki Yabu @ 7 Mai, 2008 : 05:13
    From Japan - I could reach your Blog and enjoyed and was moved so much by Tama-obaatchan's story and Taitian's drawings. In japan also 100th Japanese Imigration to Brazil is celebrated and Documentary TV program was on aired. I watched the program with tears memorizing Taichian and Tomiko obasan. Even if we watched TV program, look drawings and listen the storys which were told by imigrantes like Taiji-ojichian, we can't imagine realistically those hard days. I hope you & your family's health and happines. Sincerely yours.

  44. Manoel Carlos de Almeida @ 9 Jun, 2008 : 13:40
    Parabéns Sra. Celina por tornar público este maravilhoso retrato da origem de sua família, através do registro pictórico do sr. Daizi Yamamoto, seu pai, durante sua viagem para o Brasil, em 1938. A meu ver, uma demonstração de respeito, de amor e de carinho ao esforço despendido por seu pai durante todos estes 70 anos para construir, sedimentar e consolidar sua família em um país, áquela época, de cultura, valores e tradições totalmente adversos ao do Sr. Daizi. Mais uma vez, parabéns!!!

  45. Verônica @ 13 Jun, 2008 : 06:24
    Olá! Gostaria do contato dela, Celina... Obrigada

  46. Celina @ 10 Jul, 2008 : 06:55
    Oi, Verônica... por favor, mande-me mensagem no endereço cynishimura@uol.com.br

  47. Leticia Mayumi Yamasaki @ 26 Jul, 2008 : 06:28
    Olá Celina... Fiquei realmente encantada com os desenhos de seu pai! Que registro maravilhoso! Tenho um fotolog sobre a história da imigração e sobre a colônia japonesa no Brasil onde conto algumas histórias, inclusive de minha família e gostaria muito de poder postar estes desenhos! Abraços...

  48. Celina Yamamoto Nishimura @ 8 Abr, 2010 : 08:53
    Boa tarde! Meu nome é Flávia de Oliveira Carvalho só entrei no site para procurar um pessoa que fez parte da minha juventude! Morei em Carajas (PA) e entre os anos 80 e 90 conheci um rapaz chamado Jun Moto (não tenho certeza do sobrenome dele!!). Nós o chamavamos dessa maneira. Filho de mãe brasileira e pai japonês tinha os olhos verde e era muito alto. Ele foi estagiário da CVRD (VAle do Rio Doce). Ele morava em Belem (PA). E a ultima notícia que tive dele é de que estava trabalhando como aviador. Em momentos vagos DJ's! Qualque notícia eu agradeceria muito a você. flaviacavalc@yahoo.com.br Busca: colônia japonesa de Belém no Pará

Comente



Todo mundo tem uma história para contar. Cadastre-se e conte a sua. Crie a árvore genealógica da sua família.

Árvore genealógica

Nenhuma árvore.

Histórias

Vídeos

  • Nenhum vídeo.

| mais fotos » Galeria de fotos

Áudios

  • Nenhum áudio.
 

Conheça mais histórias

mais perfis » Com o mesmo sobrenome

mais perfis » Com a mesma Província de origem

 

 

As opiniões emitidas nesta página são de responsabilidade do participante e não refletem necessariamente a opinião da Editora Abril


 
Este projeto tem a parceria da Associação para a Comemoração do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil

Sobre o Projeto | Cadastro | Fale Conosco | Divulgação |Termo de uso | Política de privacidade | Associação | Expediente Copyright © 2007/08/09 MHIJB - Todos os direitos reservados