Olá, faça o Login ou Cadastre-se

  Conte sua históriaFábio Yabu › Minha história

Fábio Yabu

São Paulo / SP - Brasil
41 anos, Desenhista de mangás e escritor

A descoberta das origens


Não conhecia, até hoje, a história de meus bisavós maternos, que chegaram ao Brasil no Manira-Maru no ano de 1939. Na verdade, nem sabia como era o rosto de meu bisavô. Minha geração não conhece essa história, por isso é preciso refletir. Procurar descobrir.

Quando soube que daria uma entrevista para o site Abril no Centenário da Imigração Japonesa, fui pesquisar com meus pais, Eiji e Satsue, e minha avó, Hide, pois tinha pouca informação. Aí é que comecei a sentir a importância dessa data do centenário da imigração japonesa no Brasil, para todos nós. Descobrimos os documentos de entrada dos meus bisavós, por parte de mãe, Kiyoshi e Bum Sato, no Porto de Santos, em 1939. Vieram juntos com quatro filhos naquele navio cargueiro e tiveram mais quatro filhos no Brasil. Fotos antigas surgiram, revelando um passado que estava parado no tempo.

Meu pai contou a história sobre o pai dele, Shin-Ichi, e seu avô, Kutaka, que fugiram da guerra (2° Grande Guerra Mundial) no Japão, para vir ao Brasil. Conseguiram escapar um pouco antes de todo o resto da família ser dizimada. Chegando aqui no Brasil, foram para a cidade de Pereira Barreto, em São Paulo. Mais uma vez, meu bisavô escapou da morte ao cruzar com o grupo de extermínio de japoneses chamado “Shindo Renmei” na cidade de Tupã (veja detalhes desta e de outras histórias no depoimento em vídeo).

A verdade é que se eu estivesse no lugar deles, naquela época, acho que não sobreviveria. Um país quente demais, pouca comida e muitas doenças. Minha avó paterna, por exemplo, morreu de doença de chagas.

Depoimento ao jornalista José Alberto Lovetro
Fotos: Everton Ballardin e arquivo pessoal de Fábio Yabu
Vídeos e áudios: Estilingue Filmes


Enviada em: 11/10/2007 | Última modificação: 22/04/2008
 
« A influência do Japão

 

Comentários

  1. Mariza Santos @ 22 Out, 2007 : 00:30
    Parabéns Fábio por sua volta ás origens,seu amor por seus antepassados ,pela valorização da cultura japonesa que eu particularmente admiro mto.Desejo que teu trabalho já reconhecido internacionalmente, tbém o seja aqui no Brasil. Amei o vídeo das Princesas do Mar...Mto Linnndo!! Sucesssssssso. Abraços

  2. Angélica Afonso de André @ 27 Out, 2007 : 00:12
    Não imaginava que minha colega Érica Yabu tivesse uma história familiar tão emocionante!Quanto mais um irmão artista!! Quero conhecê-lo melhor...ainda mais que meu filho Leonardo gosta de desenhar mangá e é bisneto de japoneses vindos em 1932 ao Brasil! Gostei demais da saga da família Yabu.

  3. Victor Yuzzo @ 28 Fev, 2008 : 00:52
    Fábio, muito bacana a história. Concordo com o que você disse sobre a nossa geração (também sou descendente de japoneses, sansei): temos pouca informação sobre nossos antepassados, e isso é um erro. Devemos procurar conhecer, e dar valor a essa data tão importante. Este artigo me inspirou a fazer isso! Conhecia seu trabalho pelo seu site/blog Mude o Mundo. Interessante saber mais sobre a sua atuação, como desenhista de mangá. Parabéns por tudo, e continue o bom trabalho.

  4. felipe @ 1 Jun, 2008 : 15:20
    gosto muito do desenho das princesas do mar é um dos meus desenhos favoritos e gostaria de saber de um site sem ser princesasdomar.com.br para pegar imagens pro meu computador você poderia me indicar um site?por favor?bom parabéns pelo seu trabalho adoro as princesas do mar principalmente a polvina,soraia,marcelo,hugo,éster,léia e eletropaula desde já te agradeço obrigada e sucesso!

  5. Fernanda @ 22 Ago, 2008 : 07:18
    Oi Fábio! Foi ótimo ler o seu depoimento aqui. Muitas semelhanças com a minha própria história. Mas, o mais legal foi lembrar dos Combo Rangers!!! Há muito tempo atrás, eu e uma amiga participamos de um concurso seu e eu lembro que nós desenhamos os combo rangers vestidos como outros personagens. Acredita q eu tenho a cópia do desenho até hoje? Não conhecia as princesas do mar, mas elas são fofas! Muito sucesso para você!!! Fernanda Hobo

Comente



Todo mundo tem uma história para contar. Cadastre-se e conte a sua. Crie a árvore genealógica da sua família.

Árvore genealógica

Histórias

Vídeos


| mais fotos » Galeria de fotos

Áudios

Fábio conta como sua avó materna Hide se casou pela tradição miai (casamento arranjado)

 

Conheça mais histórias

mais perfis » Com a mesma Província de origem

 

 

As opiniões emitidas nesta página são de responsabilidade do participante e não refletem necessariamente a opinião da Editora Abril


 
Este projeto tem a parceria da Associação para a Comemoração do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil

Sobre o Projeto | Cadastro | Fale Conosco | Divulgação |Termo de uso | Política de privacidade | Associação | Expediente Copyright © 2007/08/09 MHIJB - Todos os direitos reservados