Olá, faça o Login ou Cadastre-se

  Conte sua históriaMarina Hiroko Hasegawa › Minha história

Marina Hiroko Hasegawa

São Paulo / São Paulo - Brasil
73 anos, Adminstradora de empresas

A história de Gen Hasegawa


Quando meu avô, o Sr. Yoshiro Hasegawa, foi para a guerra em 1904, em que o Japão conquistou a Manchúria, a Sra. Katsu, minha avó, estava grávida. Em 05 de setembro de 1905, nasceu Gen Hasegawa, meu pai. Meu avô só retornou da guerra depois de cinco anos.

No dia 26 de setembro de 1921, Gen Hasegawa, com apenas 16 anos, saiu do Japão em companhia dos tios da família Ashikawa. Ele passou por Hong Kong no dia 09 de outubro, depois Singapura no dia 17, e chegou ao Brasil no dia 24 de dezembro do mesmo ano.

No Brasil, radicou-se na região de Álvares Machado (SP), antiga “Vai-e-Vem”. Trabalhava no cultivo de café em um sítio arrendado. Como a região era pouco povoada, para fazer as compras, era necessário ir à cidade de Indiana (SP). Saía no sábado a cavalo e retornava no domingo com os mantimentos pendurados no picuá (sacola de pano).

Com o progresso da plantação, ele chamou os pais, que ainda estavam no Japão. Os negócios prosperaram bastante e, com isso, despertou o seu tino comercial.

Quando entrou no mundo dos negócios, o governo não financiava a safra. Gen, então, começou a financiar o plantio dos pequenos agricultores da região. Toda a produção era vendida para Anderson Clayton, Sanbra e Indústrias Matarazzo.

Socialmente, ele era bastante ativo, tanto na parte cultural quanto na esportiva, participando e promovendo competições de basquete e beisebol entre as cidades da região e da capital.

No dia 06 de novembro de 1934, casou-se com a Sra. Takeko Kimura, minha mãe, que saiu do Japão no dia 28 de outubro de 1934, em companhia da família, e chegou ao Brasil em no dia 31 de dezembro de 1924, estabelecendo-se no Estado do Paraná. Após o casamento, eles se mudaram para a cidade de Anhumas, em São Paulo.

A primeira crise financeira que tiveram foi na década de 1940, pois houve uma seca muito grande e os agricultores financiados não tinham como pagar. Diante do fato, Gen Hasegawa faliu e foi se abrigar na Fazenda São Paulo, em Anhumas, tornando-se comerciante, abrindo um pequeno negócio de secos e molhados.

Para o seu entretenimento, reunia os amigos para jogar “maggion” (jogo chinês feito de madrepérolas).

Um dia, apareceu no empório uma pessoa que precisava de dinheiro e, como pagamento, deu uma porca prenha. Então, houve uma multiplicação imensa de suínos, chegando a um total de 200 porcos.

Texto escrito por Shiguei Hasegawa, com colaboração de Mariana Hasegawa.


Enviada em: 04/12/2007 | Última modificação: 21/07/2008
 
« A dura época da 2ª Guerra Mundial

 

Comentários

  1. Sunao Sato @ 5 Dez, 2007 : 13:25
    Parabens pelo relato. Isto é um pouco da historia dos nossos antepassados , que desde o inicio procurou a integração na sociedade brasileira, nos diversos segmentos da sociedade. Desde a partida do Japão , a sua adaptação ao novo solo brasileiro, diversidades ao clima e dificuldade de línguagem e comunicação e destempero de muitos indivíduos. Os graves problemas que muito dos nossos antepassados sofreram até o sucesso de hoje, familiares com educação, formação embasados nos bons costumes, honestidade e na moral e ética social e profissional. Parabens pelo sucesso. Abraços Sunao

  2. Shiguel Hasegawa @ 5 Dez, 2007 : 13:39
    Como fui parte ativa na redação do "histórico" do meu pai Sr. Hasegawa, gostaria de alertá-los que observei alguns erros que até dificultam o entendimento de detrminados trechos que foram colocados. Assim sendo, pergunto-lhes: Como eu poderia fazer as indicações deste erros ou falta de palavras que eu identifiquei? Aguardo seus retornos.

  3. Da redação @ 6 Dez, 2007 : 12:14
    Olá, Sr. Shiguei. Fale com a Marina Hiroko Hasegawa. Foi ela quem enviou essa história para o nosso site. Obrigada por sua colaboração! Abraços!

Comente



Todo mundo tem uma história para contar. Cadastre-se e conte a sua. Crie a árvore genealógica da sua família.

Árvore genealógica

Histórias

Vídeos

| mais fotos » Galeria de fotos

Áudios

Natal de 1973

Natal de 1973

Natal de 1973

Natal de 1973

 

Conheça mais histórias

mais perfis » Com o mesmo sobrenome

mais perfis » Com a mesma Província de origem

 

 

As opiniões emitidas nesta página são de responsabilidade do participante e não refletem necessariamente a opinião da Editora Abril


 
Este projeto tem a parceria da Associação para a Comemoração do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil

Sobre o Projeto | Cadastro | Fale Conosco | Divulgação |Termo de uso | Política de privacidade | Associação | Expediente Copyright © 2007/08/09 MHIJB - Todos os direitos reservados