Olá, faça o Login ou Cadastre-se

  Conte sua históriaRyoki Inoue › Minha história

Ryoki Inoue

São José dos Campos / São Paulo - Brasil
74 anos, escritor

Roupas do século passado


Meu avô paterno, Harema Inoue, era militar, freqüentava a Academia da Marinha e chegou a ser contemporâneo do famoso Almirante Isoruko Yamamoto, que criou os planos de ataque a Pearl Harbour. Os pais dele eram proprietários rurais da província de Kochi. A família de minha avó, Kanetiyo Kira (nome de solteira) era de samurais. A transição para a era Meiji fez com que a agricultura sofresse muito e, com isso, meu avô precisou abandonar a Academia para ajudar na terra.

Eles continuaram enfrentando problemas de falta de mão-de-obra e não havia nem mesmo quem comprasse o arroz que produziam. Foi nessa época que minha avó começou a produzir papel de arroz (minha esposa, que é escritora e artista plástica, ainda tem um pouco desse papel e o utiliza em suas obras). Mas isso também não era o suficiente para sustentar todas as despesas da propriedade, que acabou sendo vendida por um preço muito baixo.

Em meio a esta situação, surgiu a oportunidade da emigração para o Brasil. Meus avós não vieram na primeira leva, mas na segunda, em 1912. Não tenho muitas informações sobre como foi a viagem, mas sei que foi bem difícil.

O tratamento a bordo não era bom e a comida era completamente diferente daquela a que eles estavam acostumados. Muitos ficaram doentes. Quando chegaram a Santos, foram obrigados a vestir roupas ocidentais, só que do fim do século anterior (século XIX) e as mulheres tiveram de usar sapatos de salto alto, coisa que nunca tinham visto antes. Esse desagradável acontecimento foi por conta de alguma maracutaia do pessoal da imigração que recebeu dinheiro para a compra de roupas. Mas compraram só coisas velhas e usadas. Coisa típica do Brasil, mesmo naquela época...

Observação: Esta história da chegada e da adaptação deles aos costumes brasileiros, eu conto com bastantes detalhes no livro (romance histórico) que escrevi para a Editora Globo, “Saga – A história de quatro gerações de uma família japonesa no Brasil”, lançado em outubro de 2006, justamente visando ao Centenário da Imigração Japonesa, pois descreve os acontecimentos desde 1908 até os dias atuais.

Mais informações: www.ryoki.com.br e www.ryokiproducoes.com.br


Enviada em: 08/02/2008 | Última modificação: 06/07/2010
 
« Histórias da família Inoue

 

Comentários

  1. Luci Suzuki @ 9 Fev, 2008 : 07:59
    Sr. Inoue, viver coerente com a própria filosofia de vida e seus princípios requer energia moral e convicção de poucos. Transformar essa escolha em grandes feitos, ainda que involuntário, é ainda mais surpreendente. É muito confortante saber que há profissionais que, de fato, vivam de suas produções amplas e variadas no estreito e excludente mercado editorial. E o melhor, sem alardes e auto-promoções, de cujos artifícios, muitos auto-atribuídos escritores se sustentam, com produtos quase sempre auto-financiados. É invejável também que possa fazê-lo circundado por um ambiente salutar e de qualidade como esse, de sua escolha. Esta, também para poucos. Um abraço, Luci

  2. Márcia Y. Takeda @ 11 Fev, 2008 : 06:53
    Acessei o seu site e fiquei muito feliz que nós temos um Georges Simenon, com reconhecimento da crítica internacional. Nós no Japão precisamos de boa leitura em português também, com novos títulos de qualidade e variedade. Aguardo ansiosa o seu livro "Saga", que meu tio pretende me trazer do Brasil no mês que vem. Parabéns pelo Guinness! Márcia

  3. Elisa K. @ 26 Abr, 2008 : 13:31
    Uma trajetória brilhante aliada à coerência filosófica e integridade moral, sr. Inoue. E congratulações pelo Guinness, ainda que involuntário. Elisa.

Comente



 

 

As opiniões emitidas nesta página são de responsabilidade do participante e não refletem necessariamente a opinião da Editora Abril


 
Este projeto tem a parceria da Associação para a Comemoração do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil

Sobre o Projeto | Cadastro | Fale Conosco | Divulgação |Termo de uso | Política de privacidade | Associação | Expediente Copyright © 2007/08/09 MHIJB - Todos os direitos reservados